Presidente da pastoral de ecologia e meio ambiente dominicana pede sanções aos crimes ambientais

Santo Domingo (Sexta, 05-06-2009, Gaudium Press) A Comissão Nacional da Pastoral de Ecologia e Meio Ambiente da República Dominicana pediu nesta sexta-feira que os violadores de leis ambientais recebam sanções e punições da Justiça.

O pedido feito pelo presidente do órgão, o bispo emérito de Barahona, monsenhor Fabio Mamerto Rivas, durante a celebração eucarística do Dia Mundial do Meio Ambiente ainda demanda um reforço na vigilância policial em ‘áreas vulneráveis’, e também uma melhor delimitação das zonas de proteção a fim de evitar o tráfico ilegal de espécies.

“Reafirmamos nosso pedido a toda a nação para que seja mantido um equilíbrio ecológico, compromisso contraído com nossos filhos (…) que devem ter consciencia de que lhes deixamos um mundo melhor que o que recebemos”, enfatizou o religioso.

Durante a homilia, monsenhor Mamerto Rivas ainda pediu aos cidadãos que evitem jogar lixo no solo e às autoridades que ‘façam sua parte’ para proteger os recursos naturais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>